Domingo, 12 de Março de 2006
(8) 0 FOGO DA VIDA

fogonovo.jpg 

Toda prenhe de candura, tímida chama, calor

Só enlevo, só ternura, a crepitar no amor

    É depois a chama forte numa louca fantasia

    Há desprezo pela morte, há ilusão, há magia !  

    Vermelhos e amarelos, de braço dado a saltar,

    Tão ingénuos e tão belos, numa volúpia sem par.


E em tanto movimento, nasce o aviso da queda

Que faz ouvir o lamento, no pico da labareda


     Logo, logo, a amargura, e por vezes tanta dor,


     Vão sufocar a ternura e os momentos d´amor


Baixa o fogo e a herança, são brazidos em modorra


Jaz ali a falsa esperança  Talvez viva !  Talvez morra


         Deste breve carnaval, resta a cinza.  Vitualha !

      E o fumo, seu ritual, que a suave brisa espalha



publicado por solcar às 19:00
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


posts recentes

(39) O ADEUS À LUTA

(38) SOLIDÃO... QUE SOLID...

(37) O ECLIPSE

(36) A RECEITA

(35)CONVERSAS DE VIDA E M...

(34) OS SÁBIOS

(33) O LABIRINTO

(32) DIA DA DULCE

(31) MOSCA (II)

(30) SINAIS DOS TEMPOS

(29) MOSCAS

(28) DE CABEÇA PERDIDA (I...

(27) O TESTAMENTO

(26) AS PORTAS E A PORTA

(25) ROSA

(24) VOAR

(23) O COAXO

(22) A VERDADE NUA

(21) FOLHA MORTA

(19) A GARRAFA

(20) A BESTA

(18) MISSÃO IMPOSSIVEL

(17) AOS AMIGOS DO CORAÇÃ...

(16) SAUDADE

(15) A MASCARA

(8) 0 FOGO DA VIDA

(14) OS NUS

(13) FELICIDADE

(12) REPOUSO

(11) A LUTA

(10) DO CORAÇÃO

(9) OS OUTROS

(7) OS AMIGOS

(6) O ENCONTRO

(5) O SONHO

(4) SOU...

(3) OS ESPELHOS

(2) E O AMOR ?

(1) VERDADEIRA SOLIDÃO

arquivos

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds