Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2006
(5) O SONHO

Vão longe esses Natais de sonhos realizados.

De dia, e por liberalidade dos Sapadores Bombeiros, um embrulho de cores brilhantes, ciosa e cuidadosamente sobraçado e, à noite, a magia duma repleta chaminé dum familiar abastado, onde o meu sapato colheria outro modesto presente.

Sempre simples e modestos mas eram o prémio do sonho, sonhado e afinal realizado entre as diversas fantasias do faz de conta.

Ao relembrar, tentei recrear, procurei o fato, o gorro, as botas, antecipadamente deixara crescer a barba, branca e natural como convinha, e tentei... tentei sem exito alcançar as renas.

Outro sonho, como tantos outros que não vou realizar.



publicado por solcar às 15:21
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


posts recentes

(39) O ADEUS À LUTA

(38) SOLIDÃO... QUE SOLID...

(37) O ECLIPSE

(36) A RECEITA

(35)CONVERSAS DE VIDA E M...

(34) OS SÁBIOS

(33) O LABIRINTO

(32) DIA DA DULCE

(31) MOSCA (II)

(30) SINAIS DOS TEMPOS

(29) MOSCAS

(28) DE CABEÇA PERDIDA (I...

(27) O TESTAMENTO

(26) AS PORTAS E A PORTA

(25) ROSA

(24) VOAR

(23) O COAXO

(22) A VERDADE NUA

(21) FOLHA MORTA

(19) A GARRAFA

(20) A BESTA

(18) MISSÃO IMPOSSIVEL

(17) AOS AMIGOS DO CORAÇÃ...

(16) SAUDADE

(15) A MASCARA

(8) 0 FOGO DA VIDA

(14) OS NUS

(13) FELICIDADE

(12) REPOUSO

(11) A LUTA

(10) DO CORAÇÃO

(9) OS OUTROS

(7) OS AMIGOS

(6) O ENCONTRO

(5) O SONHO

(4) SOU...

(3) OS ESPELHOS

(2) E O AMOR ?

(1) VERDADEIRA SOLIDÃO

arquivos

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds